Alemanha lança nova ameaça de sanções ao Irã

Berlim, 12 fev (EFE).- O ministro de Exteriores alemão, o liberal Guido Westerwelle, lançou hoje novas ameaças de sanções contra o Irã, um dia depois de o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, alardear publicamente do poderio atômico de seu país.

EFE |

Após anunciar que a comunidade internacional responderá de maneira concreta às ameaças iranianas, o chefe da diplomacia alemã advertiu que, se o regime de Teerã continuar sem cooperar, "estabeleceremos com a comunidade internacional uma ampliação das sanções".

Westerwelle assinalou ainda em Berlim que o rearmamento nuclear do Irã não será aceito sem resposta.

"A comunidade internacional não mostrará uma paciência infinita, e tomará medidas para combater um rearmamento nuclear do Irã", assegurou.

Além disso, criticou com dureza a repressão realizada pelas autoridades iranianas aos protestos da oposição por causa do aniversário da Revolução Islâmica.

"Quem trata dessa maneira os manifestantes não tem intenções democráticas", concluiu. EFE jcb/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG