Alemanha: Fraternidade São Pio X ordenará sacerdotes apesar de veto

Berlim, 20 jun (EFE).- A ultraconservadora Fraternidade Sacerdotal São Pio X tem a intenção de ordenar na próxima semana vários sacerdotes na Alemanha, apesar dos reiterados protestos dos bispos locais e do veto do Vaticano, informa a revista Der Spiegel em sua próxima edição.

EFE |

Apesar de o Vaticano ter qualificado de "ilegítimas" essas possíveis ordenações, Bernard Fellay, chefe da irmandade fundada pelo religioso ultraconservador Marcel Lefebvre, não tem intenção de suspender o ato no seminário de Zaitzkofen, no sul da Alemanha.

A revista destaca que Fellay minimizou a recente declaração do Vaticano, já que "não faz nada além de repetir sua velha posição legal", apesar de há anos tolerar as ordenações sacerdotais.

Além disso, o líder da Fraternidade Sacerdotal São Pio X anunciou em declarações publicadas pela "Der Spiegel" novas conversas com Roma para superar as diferenças sobre o assunto.

"Enquanto não houver uma solução, as práticas da nossa irmandade não serão alteradas. As ordenações acontecerão", afirmou Fellay, enquanto o diretor do seminário, Stefan Frey, as considerou "um ato irrenunciável da nossa prática religiosa".

Frey criticou ainda o fato de "os bispos alemães se submeterem à pressão do Vaticano". EFE jcb/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG