Alemanha disponibiliza 600 soldados para vigiar cúpula da Otan

Berlim, 25 mar (EFE).- O Exército alemão utilizará 600 soldados para garantir a segurança durante a cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), que será realizada em abril nas cidades fronteiriças alemãs de Baden-Baden e Kehl e na francesa Estrasburgo, informou hoje um porta-voz do Governo da Alemanha.

EFE |

Os soldados serão especialistas em temas de saúde e em defesa antinuclear, bacteriológica e química.

Para a reunião, que está sendo organizada pela Aliança Atlântica para comemorar o 60º aniversário de fundação da entidade, as medidas de segurança foram consideravelmente extremadas.

De fato, só para as forças alemãs foram reservadas 14 mil camas em 300 hotéis da área de Baden-Baden e Kehl.

A razão é que, segundo a Polícia alemã, se prevê a participação de até três mil manifestantes dispostos a cometer atos violentos durante a cúpula da Otan.

Além disso, as autoridades contabilizaram até agora 180 reuniões preparatórias de ativistas de extrema-esquerda e estimam que 25 mil ativistas se manifestarão dos dois lados do Reno entre as três cidades.

Por outra parte, as forças aéreas disponibilizarão aviões de reconhecimento tipo Awacs para vigiar o espaço aéreo durante o encontro, e as forças policiais prepararam cerca de 15 mil agentes.

EFE pb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG