Berlim, 31 jan (EFE).- A Alemanha deixará de contrair novas dívidas a partir de 2017, infora hoje a revista Focus.

A publicação, que chega às bancas amanhã, diz que esta é a previsão do ministro das Finanças, o democrata-cristão Wolfgang Schauble.

Até 2016, no entanto, o Orçamento alemão deverá assumir 337,1 bilhões de euros em dívidas adicionais, um terço do débito atual, que a revista calcula em cerca de 1 trilhão de euros.

Para a ilustrar a reportagem, a "Focus" incluiu nela o descompasso entre a quantia de dinheiro depositada e sacada dos cofres públicos.

Este ano, de acordo com o Ministério das Finanças, o déficit alemão deverá atingir a cifra recorde de 85,8 milhões de euros. Em 2011, no entanto, a dívida pública cairá para 71,7 milhões de euros, quase o dobro do déficit de 34,1 milhões de euros registrado no ano passado. Já em 2016, o saldo negativo deverá ser de 15 milhões de euros. EFE nvm/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.