Berlim, 17 jan (EFE).- O Ministério de Assuntos Exteriores alemão confirmou hoje que o atentado suicida perto de sua embaixada em Cabul, no qual morreram pelo menos dois soldados americanos, deixou vários feridos entre funcionários da legação diplomática.

De acordo com um porta-voz do ministério, a embaixada sofreu danos materiais no atentado, que ocorreu quando um suicida detonou a carga que transportava em seu veículo.

Segundo um comunicado do comando americano, a explosão aconteceu às 9h45 (3h15, Brasília) perto da base de Camp Eggers O porta-voz do Ministério da Saúde afegão, Abdullah Fahim, confirmou à Agência Efe o número de vítimas mortais e elevou a 23 o número de feridos. EFE gc/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.