Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Alemanha: Chefe do Governo da Baviera renuncia após desastre eleitoral

Berlim, 1 out (EFE).- O ministro-presidente do land (estado) da Baviera, o social-cristão Günther Beckstein, renunciou hoje em conseqüência do golpe sofrido nas eleições regionais de domingo, anunciaram fontes de seu partido.

EFE |

Com a renúncia de Beckstein, completa-se a renovação da cúpula da União Social-Cristã (CSU) bávara, após o afastamento anunciado na terça-feira pelo presidente do partido, Erwin Huber, e da secretária-geral da formação, Christine Haderthauer.

Tudo indica que Horst Seehofer, ministro da Agricultura e Defesa do Consumidor, já designado ontem candidato a suceder Huber à frente da CSU, assumirá também o cargo de ministro-presidente (governador) da Baviera.

Beckstein e Huber tinham sucedido há apenas um ano Edmund Stoiber à frente do Governo e do partido.

Nas eleições de domingo a União Social-Cristã (CSU), a ala bávara da União Democrata-Cristã da chanceler Angela Merkel, sofreu a maior derrota em mais de quatro décadas, após cair de 60,7% para 43,3% dos votos.

A renúncia aconteceu após uma reunião de crise da cúpula do partido em Munique, convocada depois que várias associações pediram a cabeça Beckstein.

Beckstein, Huber, Seehofer e o chefe do grupo parlamentar, Georg Schmid, realizaram esta reunião para analisar as conseqüências da perda da maioria absoluta na Baviera depois de mais de 40 anos governando sozinho. EFE umj/an

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG