Alemanha analisa possível caso de gripe suína em passageiro vindo do Brasil

Berlim, 2 mai (EFE).- O número de contágios na Alemanha com o vírus da gripe suína subiu hoje a seis, após a confirmação um segundo caso de transmissão dentro do país e enquanto se esperam os resultados dos exames de um paciente vindo do Brasil.

EFE |

O Instituto Robert Koch de Berlim, que centraliza os exames de todo o país, espera poder dar no domingo os resultados do que se suspeita que poderia ser o primeiro caso de contágio que não procede diretamente do México nem devido ao contato na Alemanha com um doente.

É o caso de um cidadão de 40 anos, que chegou a Colônia procedente de Fortaleza (CE) e que trabalha no setor turístico, por isso tem muito contatos internacionais, incluindo com o México.

O Instituto Robert Koch informou também hoje que, além do caso da enfermeira da Baviera que se contagiou por contato com um paciente e que foi confirmado ontem, há uma segunda pessoa com a gripe suína, que compartilhou quarto com esse mesmo doente.

Com isso sobe para seis o número de casos confirmados na Alemanha, dos quais dois já receberam alta e os outros evoluem positivamente, após receber tratamento.

Até agora, cinco dos seis casos confirmados de gripe suína na Alemanha foram de cidadãos da Baviera que tinham estado no México ou em contato com pacientes contagiados naquele país. EFE gc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG