Álcool aumenta riscos de câncer de boca e laringe

O número de casos de câncer de boca e laringe aumentou de forma alarmante entre as pessoas de 40 anos na Grã-Bretanha, principalmente devido a um aumento do consumo de álcool, segundo estudo publicado nesta terça-feira.

AFP |

Novos dados da associação britânica Cancer Research UK revelaram que o número de pessoas de entre 40 e 50 anos que desenvolveram câncer de boca, de língua, de lábios ou de garganta aumentou 28% entre os homens e 24% entre as mulheres, desde a metade da década dos 1990.

Embora o tabaco seja o principal fator de risco para o câncer de boca, os cânceres causados por fumo demoram 30 anos para se desenvolver. Com isso, os especialistas acreditam que o culpado seja o segundo fator de risco, ou seja, o álcool.

"O consumo de álcool duplicou desde os anos 1950 e a tendência que vemos atualmente está provavelmente ligada aos níveis de consumo de álcool continuamente em aumento", declarou Hazel Nunn, uma das responsáveis do centro.

Nunn considerou realmente alarmantes os últimos dados, que mostram um aumento de mais de 45% desde que começaram a contabilizar estas estatísticas em 1975.

"Acredita-se que aproximadamente 75% dos casos de câncer de boca são causados pelo tabaco e o álcool", disse.

"O tabaco é, de longe, o maior fator de risco para o câncer de boca. Mas para as pessoas da faixa dos 40 anos parece que também há outros fatores que contribuem para o aumento da incidência do câncer de boca", explicou.

Além do álcool, entre estes fatores estão também uma dieta pobre em frutas e verduras e o papilomavirus humano (HPV) transmitido sexualmente, que também causa câncer cervical.

Quase 5.000 casos de câncer de boca são diagnosticados a cada ano na Grã-Bretanha, e 1.800 pessoas morrem desta doença.

Don Shenker, responsável da associação benéfica Alcohol Concern, disse que muita gente não é consciente da conexão entre o álcool e o câncer.

"Enquanto o câncer de fígado continua sendo a doença mais fatal ligada ao álcool, mais e mais pessoas sofrem de cânceres de boca, e os níveis recordes de consumo de álcool sem sombra de dúvidas desempenharam um papel nisso", declarou.

ar/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG