O príncipe Albert II de Mônaco pediu hoje soluções urgentes para resolver os problemas de acesso à água potável que ameaçam 1,8 bilhão de pessoas, durante visita à Exposição Internacional de Zaragoza (nordeste da Espanha), consagrada à água.

Na ocasião, a Fundação Albert II para a defesa do meio ambiente, criada há dois anos, assinou acordo de colaboração com a associação canadense "One Drop" ("uma gota") para fornecer água potável a 500.000 pessoas em Honduras nos próximos três anos.

pal/gg/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.