Alan García apóia indicação de Betancourt a Nobel da Paz

Lima, 4 dez (EFE) - O presidente peruano, Alan García, respaldou hoje a proposta da governante chilena, Michelle Bachelet, para indicar a ex-candidata presidencial colombiana Ingrid Betancourt ao prêmio Nobel da Paz, durante a visita que a ex-refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) realiza a Lima. Depois de uma reunião no Palácio de Governo, García afirmou a Betancourt que os peruanos admiram sua fé e compartilham a dor que sentiu por ficar mais de seis anos afastada dos seus parentes, tempo durante o qual esteve seqüestrada pela guerrilha. O presidente ressaltou que Betancourt representa um símbolo de esperança e de liberdade. Uno-me à idéia e proposta da presidente do Chile, Michelle Bachelet, porque a distinção universal, como o prêmio Nobel, é na verdade uma justa homenagem para quem encarna a fé no espírito humano.

EFE |

García disse que aos latino-americanos cabe "juntar" suas "vozes" para exigir a liberdade dos seqüestrados das Farc.

Além disso, o chefe de Estado disse que a região deve ficar atenta para agir "da maneira" como for pedido e "contribuir com o Governo colombiano até conseguir o objetivo" da libertação dos reféns da guerrilha.

García afirmou que o Governo peruano "comprometeu sua vontade e apoio para conseguir sensibilizar os corações dos que se preocupam com todos estes colombianos".

Por sua vez, a ex-candidata presidencial franco-colombiana disse que tinha vontade de vir ao Peru para agradecer pela alegria com que a notícia de sua libertação e de seus companheiros de cativeiro, em 2 de julho, foi recebida no país.

Betancourt ressaltou que a visita também respondia à necessidade de "pedir ao presidente" que a ajude "a conseguir a libertação dos que ficaram" na selva colombiana.

Por isso, ao ouvir as palavras de García, Betancourt expressou a satisfação e o agradecimento "do fundo da alma" em nome das famílias e mães dos seqüestrados.

"A conversa com o presidente García é um dos momentos mais importantes (da visita) por sua reflexão, por seu interesse e infinita generosidade", disse.

Betancourt acrescentou que os reféns das Farc na selva "precisam desse apoio". "Necessitamos tirá-los de lá. Sinto que Deus é muito grande e são muitas as benções que estão se acumulando", destacou.

A ex-candidata lembrou que, no ano passado, quando ainda era refém, ouviu pela rádio as informações sobre o forte terremoto que atingiu o sul do Peru, o transtorno dos desabrigados e a ajuda que García levou às regiões afetadas na região de Ica.

"Ouvi quando esteve lá, usando um capacete, são coisas muito importantes, que estejamos vivendo em solidariedade os momentos difíceis", afirmou Betancourt em declarações aos jornalistas no Palácio de Governo, em Lima.

A ex-candidata presidencial acrescentou que "o sofrimento tem algo que nos sensibiliza e nos permite nos aproximar dos demais" e o que viveu a ajuda a torná-la mais próxima de "todos aqueles que passaram por circunstâncias difíceis".

Por isso, quando esteve na selva, Betancourt pensou que, algum dia, gostaria de ter a oportunidade de ajudar os sobreviventes de tragédias, como a vivida pelo Peru em agosto de 2007 e que deixou 500 mortos.

"Acompanhei, dia-a-dia, a tragédia do terremoto que comoveu o Peru, ouvi os testemunhos das pessoas que tinham perdido tudo, como descreviam essa vida de transição, que não sabem onde beber água, onde ir ao banheiro, e entendia o que estavam vivendo, porque essa era minha condição nesse momento", lembrou.

A ex-candidata visitou o Peru há muitos anos e muitas vezes quando trabalhava no Ministério de Comércio da Colômbia, e sua chegada a Lima trouxe hoje à memória "épocas felizes" de sua vida, conforme confessou.

Betancourt faz uma viagem por países da América do Sul para conseguir o respaldo dos governantes na rápida libertação dos reféns das Farc.

Após passar por Argentina, Chile e Peru, viajará nas próximas horas para o Brasil, onde se reunirá com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e à Bolívia. EFE mmr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG