Alan García anuncia iminente ingresso do Peru ao Primeiro Mundo

Lima, 12 mai (EFE).- O presidente do Peru, Alan García, anunciou hoje o iminente ingresso de seu país ao Primeiro Mundo e ressaltou que, por essa razão, existe a necessidade de fortalecer o respeito às leis.

EFE |

"Estamos no umbral de um capítulo, inesperado para alguns, mas imenso, que é o ingresso do Peru ao Primeiro Mundo, ao mundo da igualdade, do desenvolvimento social, e da grande aventura econômica do crescimento e do investimento", disse o líder durante o juramento da nova Procuradora-geral peruana, Gladys Echaíz.

De acordo com o chefe de Estado, todo esse desenvolvimento será mais rápido na medida em que "sejam as leis as que governem a pátria".

García assistiu hoje à cerimônia de posse de Echaíz, que ficará no cargo até 2011, em substituição a Adelaida Bolívar, falecida em março deste ano.

Na opinião do governante, ninguém pode duvidar de que o Peru é, neste momento, uma "estrela no firmamento da humanidade" por seus números econômicos, a velocidade de sua produção, o aumento do emprego e a forma como tem conseguido estabilizar suas instituições.

"Quando falo da ordem como fundamento social me refiro à ordem da lei, dos princípios e das instituições, jamais à ordem imposta pela ditadura das pessoas nem dos grupos econômicos ou políticos. É a ordem dos princípios a que temos que fazer respeitar para que nosso país avance", acrescentou.

Echaíz, por sua vez, anunciou a criação de uma comissão que se encarregará de racionalizar a carga processual na administração de justiça.

A Procuradora-geral se comprometeu também a implementar o Novo Código Processual Penal nos distritos judiciais de todo o país e a criar dez novas procuradorias especializadas em meio ambiente para cuidar dos delitos cometidos nessa área. EFE mmr/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG