Alan García aconselha Morales a não se intrometer em temas de outros países

San Salvador, 30 out (EFE).- O presidente do Peru, Alan García, considerou hoje que as declarações do chefe de Estado da Bolívia, Evo Morales, manifestando seu apoio aos movimentos de esquerda da América Latina, significa se intrometer em assuntos de outros países e uma falta de respeito aos povos.

EFE |

"Acho que é preciso diferenciar o que um seja um dirigente político e, como dirigente político e cidadão da América Latina, alguém tem direito de apoiar todos os amigos políticos que tiver, mas quando alguém é chefe de Estado, tem que ser consciente de que ser chefe de Estado impõe responsabilidades que impedem se intrometer e entrar nos temas internos".

"Dessa maneira, se falta ao respeito aos povos, e os povos dentro de cada país têm direito de tomar suas decisões, sem que outros Estados intervenham", disse García, em declarações a um grupo de jornalistas em San Salvador, onde ambos assistem à 18ª Cúpula Ibero-Americana. EFE mlg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG