Al Qaeda planeja atacar petrolíferas estrangeiras na Argélia

Argel, 11 fev (EFE).- A organização terrorista Al Qaeda para o Magreb Islâmico (Aqmi) planeja atentados contra as companhias petrolíferas ocidentais no sul da Argélia, motivo pelo qual as autoridades pediram que elas reforcem ao máximo sua segurança, diz o jornal local El Khabar.

EFE |

Segundo o jornal, as empresas privadas de segurança que vigiam as empresas receberam no início desta semana um boletim de alerta emitido pelo comandante regional do Exército da província de Ouargla, no sudeste do país.

De acordo com ele, os serviços de segurança se basearam em informações precisas sobre movimentos suspeitos de grupos armados detectados no fim de janeiro em uma área situada entre as províncias de Biskra e El Oued, no sudeste.

Um dos principais colaboradores do chefe da Aqmi, Abdelmalek Droukdel, teria se mudado recentemente para as montanhas de Mchounech en Biskra, para planejar "grandes ataques" com os responsáveis pelas brigadas da organização terrorista que operam nessa parte da Argélia.

A banda terrorista tentaria realizar esses ataques antes ou durante a campanha para a eleição presidencial de 9 de abril, que será oficialmente aberta em 19 de março. EFE sk/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG