The New York Times - Mundo - iG" /

Al Qaeda no Magrebe Islâmico está se reorganizando, diz The New York Times

Washington, 1 jul (EFE).- O grupo terrorista Al Qaeda no Magrebe Islâmico se transformou em uma das filiais mais organizadas de Osama bin Laden ao se revitalizar com novos recrutas, segundo reportagem publicada hoje pelo jornal The New York Times.

EFE |

O suposto líder do grupo é um graduado universitário em matemática chamado Abdelmalek Droukdal que, segundo o jornal, entrou em contato com o chefe da Al Qaeda na Mesopotâmia, Abu Musab al-Zarqawi, em 2004.

"Os dois homens em extremos opostos do mundo árabe elaboraram o que um observador direto descreve como uma fusão de empresas", acrescentou o jornal.

"Hoje, enquanto a violência islâmica se atenua em algumas partes do mundo, os militantes argelinos se reorganizaram e planejam atacar alvos ocidentais", acrescentou a reportagem.

O "The New York Times" afirmou que Droukdal, "aparentemente em seu primeiro contato com um jornalista", respondeu em uma gravação a uma lista de perguntas apresentadas pelo jornal.

"Droukdal citou motivos religiosos para a fusão de seu grupo com a Al Qaeda", acrescentou. "Alguns militantes também disseram que a designação de seu grupo como organização terrorista pelos Estados Unidos depois (dos atentados) de 11 de setembro de 2001 teve o efeito de voltar à organização contra os EUA".

"Se o Governo dos EUA considera que sua guerra contra os muçulmanos é legítima, por que nossa guerra em seu território não é legítima?", declarou Droukdal, segundo o "The New York Times".

"Todos devem saber que não hesitaremos em atacar (os americanos) quando pudermos e em qualquer lugar do planeta", acrescentou.

"The New York Times" publicou duas fotografias que, segundo o jornal, mostram Droukdal junto a outros homens, armados com fuzis, em um local com vegetação verde e perto de um curso de água. EFE jab/wr/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG