Al Qaeda assume série atentados com numerosos mortos e feridos em abril

Argel, 29 abr (EFE).- A organização terrorista Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) assumiu hoje uma série de atentados e emboscadas que deixaram vários mortos e feridos entre os agentes das forças de segurança argelinas ao longo deste mês abril.

EFE |

Em comunicado divulgado na internet, a AQMI afirma que todos estes atentados foram cometidos em abril, principalmente na região da Cabília.

Segundo a organização terrorista, uma destas ações aconteceu no dia 24 de abril na região montanhosa próxima à localidade de Thenia, na província de Boumerdès, e deixou 14 vítimas entre mortos e feridos entre os militares.

O comunicado afirma que esta ação foi resultado de um violento confronto entre seus ativistas e os soldados argelinos, que realizavam na região uma operação de busca, e afirma que os militantes da AQMI não sofreram nenhum prejuízo.

A imprensa argelina, citando fontes de segurança, informou, entretanto, que esta operação deixou como saldo 12 terroristas mortos, indivíduos que preparavam o seqüestro de um grupo de trabalhadores chineses de uma empresa de construção.

No comunicado a AQMI assume outros dois atentados com bomba realizados nos dias 19 e 24 de abril em Lakhdari, na província de Bouira, e Chaabet el-Ameur, na de Boumerdes, episódios que tiveram como saldos seis vítimas entre mortos e feridos.

Além disso, assume a responsabilidade pela falsa blitz em Draa el-Mizan, na província de Tizi-Ouzou, no qual morreu um soldado do Exército. EFE sk/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG