Al Gore descarta buscar um cargo no Governo de Obama

Washington, 9 dez (EFE) - O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore deseja continuar mostrando à população a urgência de proteger o meio ambiente e não buscará um posto no Governo de Barack Obama, informou hoje em declarações ao jornal digital Politico seu porta-voz Kalee Kreider.

EFE |

A porta-voz indicou que a reunião que Gore terá hoje com o presidente eleito dos EUA será "uma continuação das conversas sobre o clima e a energia e como as políticas em torno desses assuntos podem ajudar a economia e a criação de empregos".

Gore "ainda acredita que seu chamado nestes momentos é ajudar a educar o público sobre (estes) assuntos através de seu papel na Aliança para a Proteção Climática e outros trabalhos", explicou Kreider.

Membros da equipe de transição de Obama indicaram ao jornal que, na reunião de hoje, prevista para esta tarde em Chicago, Illinois, serão discutidos assuntos, mas não haverá uma oferta para que Gore volte ao serviço público.

Gore apoiou a candidatura presidencial de Obama no início da disputa, mas começou a ter conversas com sua equipe sobre assuntos energéticos e de meio ambiente "muito antes", disse o jornal.

Em junho, ao aceitar o apoio de Gore, Obama tinha dito que, se vencesse a Presidência, se apoiaria no ex-vice-presidente (1993-2001) para "liderar a luta para um futuro de energia limpa nos EUA e no mundo todo". EFE mp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG