Ajuda da ONU chegou a menos de 300 mil pessoas em Mianmar

Genebra, 13 mai (EFE).- Apenas 270 mil pessoas, menos de um terço dos birmaneses mais atingidos pela devastadora passagem do ciclone Nargis, receberam ajuda da ONU e de suas agências dez dias depois da catástrofe em Mianmar (antiga Birmânia), indicou hoje o organismo.

EFE |

A porta-voz do Escritório da ONU para a Ajuda Humanitária, Elisabeth Byrs, lamentou hoje em entrevista coletiva que apenas esse número de pessoas tenha recebido até agora assistência, dez dias depois da tragédia que causou dezenas de milhares de mortes no país.

"A ajuda que a ONU e seus parceiros puderam dar até agora às vítimas é muito baixa", assinalou Byrs, que acrescentou que ainda estão sendo avaliados os danos causados pela catástrofe.

A ONU calcula que um milhão de pessoas perderam suas casas após a passagem do ciclone, e que 1,5 milhão necessitarão de ajuda nos próximos seis meses no país. EFE is/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG