raramente é a única causa desses acidentes (OMM) - Mundo - iG" /

Airbus: meteorologia raramente é a única causa desses acidentes (OMM)

As condições meteorológicas podem ter contribuído para a catástrofe do voo da Air France entre o Rio e Paris com 228 pessoas a bordo, mas raramente são a única causa deste tipo de acidentes, assegurou à AFP a Organização Meteorológica Mundial (OMM).

AFP |

"O clima é provavelmente um fator que contribuiu para o acidente, mas é muito, muito raro que seja a única causa" de um desastre desse tipo, explicou o diretor da divisão meteo-aeronáutica, Herbert Puempel.

"Em geral, isso se deve a uma combinação de fatores técnicos, meteorológicos e humanos", acrescentou.

Inclusive, embora em "dois terços dos acidentes de avião haja a influência de um fator meteorológico, o fator humano é igualmente importante". "O piloto que atravessa uma zona difícil está mais estressado, o que torna mais difícil o seu trabalho", argumentou Puempel.

"No momento, não descartamos nada, mas se sabe que na zona (do desaparecimento do avião), havia tempestades que tinham sido sinalizadas", assegurou o especialista.

A aeronave da Air France desapareceu na segunda-feira no Atlântico quando atravessava a "zona de convergência intertropical", conhecida por suas turbulências e por suas tempestades particularmente fortes.

As nuvens nessa região são comparáveis aos cúmulos nimbos, de "uma estrutura muito complicada com um vento vertical subindo a uma velocidade de até 100 metros por segundo e, ao lado, o vento baixando a essa mesma velocidade, o que provoca uma sucessão de movimentos brutais de cima para baixo para o avião", explicou Puempel.

"A isso, soma-se a possibilidade de granizo e raios... Normalmente, os pilotos tentam evitar penetrar em uma zona de tempestade como essa (...), mas, às vezes, é muito grande e representa para os pilotos um desafio para se encontrar o caminho correto", prosseguiu.

Nesta terça-feira à tarde, os investigadores ainda não destacavam uma hipótese mais provável sobre o desaparecimento do Airbus, que foi antecedido por uma falha elétrica generalizada, segundo a companhia.

at/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG