A Air France-KLM, número um do transporte aéreo europeu, anunciou nesta terça-feira uma perda líquida, a primeira desde a criação do grupo, em 2003, de 814 milhões de euros em 2008/2009, e planeja suprimir 2.700 postos de trabalho.

clp/jmi/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.