Air China adia voos para Europa, por causa de cinzas do vulcão islandês

Pequim, 9 mai (EFE).- A Air China, a principal companhia aérea internacional do gigante asiático, adiou alguns de seus voos europeus por causa da cinza do vulcão islandês Eyjafjallajokull que voltou a perturbar o tráfego aéreo na Europa, informou a imprensa chinesa.

EFE |

Pequim, 9 mai (EFE).- A Air China, a principal companhia aérea internacional do gigante asiático, adiou alguns de seus voos europeus por causa da cinza do vulcão islandês Eyjafjallajokull que voltou a perturbar o tráfego aéreo na Europa, informou a imprensa chinesa. O voo CA907 de Pequim para São Paulo com escala em Madri e o voo CA967 de Pequim para Milão foram cancelados, informou a companhia aérea que não mencionou quando os voos serão retomados. A erupção do vulcão islandês afeta substancialmente a Europa três semanas depois da chegada das primeiras nuvens de cinza, que paralisaram durante dias o espaço aéreo. A ameaça que a cinza representa para os motores das aeronaves obrigou então a fechar praticamente o espaço aéreo europeu e impediu milhões de passageiros de voar, em uma região na qual a cada dia se registram de forma habitual entre 28 mil e 29 mil voos. Além disso, a parada brusca do tráfego aéreo provocou perdas multimilionárias às companhias que operam na Europa. EFE mmp/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG