AIEA não vê indícios de material nuclear em instalação bombardeada na Síria

Viena, 22 set (EFE).- A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) confirmou hoje em Viena que, por enquanto, não encontrou indícios de material nuclear em uma instalação no norte da Síria bombardeada no ano passado por Israel.

EFE |

Assim afirmou hoje, em Viena, o diretor-geral da AIEA, Mohamed ElBaradei, diante do Conselho de Governadores do organismo, em relação aos resultados preliminares de uma inspeção de três dias realizada por seus especialistas na Síria em junho.

"Para poder confirmar a veracidade das informações do organismo, pedimos à Síria que nos dê mais acesso a informação e lugares", disse o diretor-geral, acrescentando que Damasco ainda não respondeu a esta solicitação.

Em setembro de 2007, Israel bombardeou um edifício em Al-Kibar, no deserto do norte da Síria, e os Estados Unidos apresentaram em abril de 2008 supostas provas de que nesse local estava sendo construído um reator nuclear, segundo o modelo norte-coreano. EFE Jk/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG