Viena, 19 fev (EFE).- A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) denunciou hoje, em Viena, que não consegue avançar em sua investigação do polêmico programa nuclear do Irã, devido à falta de cooperação por parte da República Islâmica.

Em seu mais recente relatório técnico sobre o Irã, ao qual a Agência Efe teve acesso, a AIEA pede a Teerã para oferecer mais transparência e acesso a lugares e especialistas envolvidos no programa, mas, ao mesmo tempo, constata que o Irã freou o ritmo de seus avanços atômicos. EFE jk/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.