Viena, 2 mar (EFE).- O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Mohamed ElBaradei, acusou hoje o Irã de não cooperar com a comunidade internacional e pediu que tome medidas para criar confiança e desbloquear a estagnação na investigação de seu programa nuclear.

Na abertura de uma reunião do Conselho de Governadores da AIEA, ElBaradei reconheceu que, "infelizmente", seus inspetores continuam sem esclarecer as possíveis dimensões militares das atividades atômicas da República Islâmica. EFE jk/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.