Aiatolá pede a eleitores iranianos que rejeitem candidatos pró-Ocidente

Teerã, 18 mai (EFE).- O líder supremo da Revolução iraniana, o aiatolá Ali Khamenei, pediu aos eleitores iranianos que não votem nos candidatos à Presidência que desejam uma aproximação com o Ocidente.

EFE |

"Quando votarem, pensem que devem evitar levar à Presidência qualquer um que queira se render ao inimigo e arruinar a nação iraniana", afirmou Khamenei em um comício realizado hoje na localidade curda de Bijar, oeste do Irã.

O aiatolá, cujo poder no país é ilimitado, insistiu em que os eleitores devem evitar votar nos candidatos que "buscam conseguir um status internacional se unindo aos regimes ocidentais".

Khamenei, que dirige com pulso firme o regime iraniano há 20 anos, afirmou em várias ocasiões que não revelará seu candidato, mas, nos últimos dias, o religioso tem deixado claro que se inclinará pelos conservadores.

As eleições acontecerão no dia 12 de junho.

Por enquanto, tudo indica que o presidente Mahmoud Ahmadinejad concorrerá com o ex-primeiro-ministro Mir Hussein Mousavi e com o presidente do Parlamento, Mehdi Karroubi, ambos reformistas. EFE jm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG