O guia supremo iraniano, Ali Khamenei, advertiu nesta segunda-feira os líderes ocidentais que ficarão expostos a sanções do Irã no caso de interferência nos assuntos internos de Teerã.

"Os dirigentes dos países arrogantes que colocam seus narizes nos assuntos da República Islâmica devem saber que, quaisquer que sejam as divergências dentro do povo iraniano, quando vocês, nossos inimigos, se metem, o povo se transforma em um punho fechado contra vocês", afirmou Khamenei em um discurso público transmitido ao vivo pela televisão.

"A nação iraniana adverte os dirigentes dos países que tentarem se aproveitar da situação. Atenção, a nação iraniana reagirá", completou o guia supremo do Irã.

Os dirigentes iranianos acusaram os países ocidentais, em particular Estados Unidos e Grã-Bretanha, de terem tentado desestabilizar o país durante as manifestações posteriores à polêmica reeleição do presidente ultraconservador iraniano, Mahmud Ahmadinejad, em 12 de junho.

aet/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.