imparcialidade em relação a denúncias de fraude - Mundo - iG" /

Aiatolá iraniano pede imparcialidade em relação a denúncias de fraude

Teerã, 16 jun (EFE).- O grande aiatolá Nasser Makarem Shirazi, um dos clérigos xiitas mais influentes do Irã, pediu para que o Conselho de Guardiães trate com imparcialidade e precisão as denúncias de fraude eleitoral feitas pela oposição em relação ao pleito presidencial de sexta-feira.

EFE |

Em declarações divulgadas pela agência estudantil de notícias "Isna", o grande aiatolá também solicita ao Conselho, integrado por seis juristas e seis clérigos, "uma resposta convincente ao povo" iraniano.

O porta-voz oficial deste órgão, Abbas Ali Kadkhodai, anunciou hoje que seus membros "estão dispostos a recontar os votos das urnas nas quais os candidatos considerem que houve fraude".

Citado pela imprensa oficial, Kadkhodai não especificou quantas urnas serão apuradas novamente, nem por quanto tempo durará o processo.

O líder supremo da Revolução iraniana, aiatolá Ali Khamenei, respaldou hoje a apuração parcial dos votos e pediu a presença de representantes dos diferentes candidatos para evitar suspeitas.

Já o líder da oposição iraniana, Mir Hussein Moussavi, que chegou a se declarar vencedor após o pleito, denunciou ao Conselho de Guardiães que o Ministério do Interior e "um dos candidatos influíram no resultado", em direta alusão ao presidente do país, Mahmoud Ahmadinejad, reeleito no primeiro turno. EFE jm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG