Aiatolá Ali Khamenei culpa EUA por problemas na Ásia Central

Teerã, 24 mar (EFE).- O líder supremo da revolução iraniana, aiatolá Ali Khamenei, disse hoje que os Estados Unidos são a origem dos problemas que agitam a Ásia Central e o Oriente Médio.

EFE |

"A ingerência militar é a causa direta dos grandes problemas da região. Os Estados Unidos, como fator que está por trás disso, são detestados por todas as nações da região", afirmou Khamenei, que recebeu em Teerã o presidente do Paquistão, Asif Ali Zardari.

"Aqueles que ajudaram com seu financiamento a propagar o extremismo são os que agora sofrem suas consequências", acrescentou o aiatolá, numa referência à política de Washington.

Neste sentido, a máxima autoridade do Irã ressaltou que só a cooperação regional poderá solucionar os problemas enfrentados pelos países da região.

"Apoiamos os acordos entre três partes (...). O extremismo causou problemas aos países da região, mas também a outras nações que não são da área", reiterou.

Hoje, os presidentes de Irã, Afeganistão e Paquistão assinaram um acordo de segurança regional durante uma cúpula realizada em Teerã, na qual o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, voltou a pedir que as tropas americanas saiam da região. EFE jm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG