AI pede que Israel revele armamento usado no conflito de Gaza

Londres, 23 jan (EFE).- As autoridades israelenses devem revelar urgentemente que armas e munição utilizaram no recente conflito armado em Gaza, pediu hoje a Anistia Internacional (AI) em comunicado.

EFE |

  • Veja a galeria de fotos do conflito em Gaza
  • Veja o mapa da região do conflito
  • Entenda o conflito na Faixa de Gaza entre Israel e Hamas
  • Os acontecimentos desde a retirada israelense em 2005
  • "Sabemos que foi usada munição com fósforo branco em zonas civis muito povoadas, embora Israel tenha negado", afirma a diretora da equipe investigadora da ONG na Faixa de Gaza, Donatella Rovera.

    "Agora temos provas irrefutáveis do emprego dessa arma, embora os médicos que trataram das primeiras vítimas tenham ignorado a causa dos ferimentos", afirma Rovera na nota.

    "Algumas vítimas dos ataques aéreos israelenses sofreram queimaduras e cortes profundos nas extremidades, e os médicos que cuidaram delas precisam saber que armas foram usadas", assinala a representante da AI.

    A recusa inicial de Israel em confirmar que suas tropas tinham utilizado munição com fósforo branco fez, segundo a AI, com que os médicos não dessem aos feridos o tratamento adequado.

    As partículas de fósforo branco que entram na carne humana podem causam dor intensa conforme as queimaduras se aprofundam, o que pode provocar danos irreparáveis nos órgãos internos.

    O estado de saúde das pessoas com queimaduras geradas por munição com fósforo branco pode piorar rapidamente e, mesmo nos casos mais brandos, levar à morte.

      Leia tudo sobre: anistia internacionalisrael

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG