AI exige que Farc libertem imediatamente de todos os reféns

Londres, 3 jul (EFE).- A ONG Anistia Internacional (AI) comemorou a libertação da franco-colombiana Ingrid Betancourt, mas exigiu a imediata e incondicional liberação do restante dos reféns em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

EFE |

A libertação da ex-candidata à Presidência colombiana, nesta quarta-feira, "é uma boa notícia, mas não devemos esquecer que outras centenas continuam como reféns em diferentes lugares da Colômbia", assinalou a AI em comunicado.

Antes da notícia da libertação, a secretária-geral da AI, Irene Khan, se reuniu na quarta-feira em Londres com o ministro de Assuntos Exteriores espanhol, Miguel Ángel Moratinos.

Khan pediu ao Governo espanhol que seja "mais firme" com a Colômbia, para minimizar as violações dos direitos humanos que ocorrem no país, "com assassinatos extrajudiciários, desaparecimentos forçados e o deslocamento da população". EFE jr/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG