AI alerta para catástrofe na RDC caso forças da ONU não sejam reforçadas

Londres, 30 out (EFE).- A Anistia Internacional (AI) afirmou hoje que pode acontecer uma catástrofe no leste da República Democrática do Congo (RDC) caso as forças de paz da ONU não recebam reforços para proteger a população civil.

EFE |

Em comunicado divulgado hoje, o vice-diretor do Programa da AI na África, Tawanda Hondora, pede ao Conselho de Segurança das Nações Unidas que envie os reforços imediatamente ante os ataques de grupos armados contra as povoações civis.

A crise no leste da RDC se aprofundou após o Congresso Nacional da defesa do Povo (CNDP), sob comando do general Laurent Nkunda, lançar uma ofensiva no início de outubro contra as forças do Governo.

Os combates envolvem o Exército e o grupo armado do CNDP, assim como milícias locais e o grupo armado das Forças Democráticas para a Libertação de Ruanda (FDLR), acrescenta a nota.

"A comunidade internacional não deve ficar de lado enquanto o conflito chega a níveis vistos entre 1998 e 2002 no leste da RDC.

Isto levou à morte de três milhões de pessoas, algo que não deve se permitir voltar a acontecer", declarou Hondora.

O comunicado afirma que a Missão para a República Democrática do Congo das Nações Unidas tem o mandato de garantir a proteção dos civis, incluído o pessoal humanitário, ante uma iminente ameaça de violência física.

A AI pede medidas internacionais firmes para pressionar os Governos da RDC e de Ruanda a cumprirem os compromissos firmados em Nairóbi em novembro de 2007, sobretudo em impedir o apoio a grupos armados.

"Os ataques deliberados ou indiscriminados contra os civis e os que mantêm a paz e dão proteção aos civis representam um crime de guerra, punível em virtude do direito internacional", declarou Hondora.

Os rebeldes do CNDP enfrentam as forças do Governo da RDC nos povoados de Kibumba e Rutshuru, nas proximidades de Goma, capital da província de Kivu Norte. EFE vg/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG