Ahmed Qorei denuncia fraude eleitoral no Fatah

Jerusalém, 13 ago (EFE).- Ahmed Qorei, ex-primeiro-ministro palestino e peso pesado do Fatah que não saiu eleito no último congresso do partido para fazer parte do Comitê Central, denunciou hoje uma fraude nas eleições internas maior do que a ocorrida no Irã.

EFE |

"A fraude nas eleições iranianas foi muito menor do que a que tivemos na Palestina", disse hoje Qorei, ao serviço de notícias israelense "Ynetnews".

O dirigente palestino acredita que há sérias dúvidas sobre o processo eleitoral e a apuração de votos, cujos resultados preliminares foram divulgados na segunda-feira e depois sofreram alterações, em uma segunda apuração.

Na quarta-feira à noite, foram anunciados os dados finais, nos quais o comitê eleitoral decidiu acrescentar um novo membro aos 18 escolhidos, ao detectar um empate entre os candidatos que ficaram em 18º e 19º.

"Foram feitas regras por trás dos bastidores que levaram a tirar alguns nomes e colocar à força outros" na lista de escolhidos para o principal órgão de direção do partido, denuncia Qorei.

Ele se referia à inclusão no último minuto de Tayyip Abdul Rahim, secretário-geral da Presidência palestina e um dos mais próximos assessores do presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas.

"A entrada de Tayyip Abdul-Rahim é uma vergonha. Tiraram alguém para colocar a outro, como pode acontecer algo assim?", declarou.

Qorei menciona, entre outras irregularidades, o fato de que havia "um acordo de que os votos para o Comitê Central seriam feitos em um único ponto eleitoral, mas, no mesmo dia da eleição, descobrimos que tinham sido abertos dez centros de votação".

Recém-reeleito líder do Fatah, Abbas afirmou, em entrevista coletiva na cidade cisjordaniana de Ramala, que as eleições foram limpas.

"Qorei é um homem respeitável, a quem tenho grande estima e que tem todo o direito de protestar o que quiser", disse Abbas, que se mostrou satisfeito com o andamento da conferência, que considerou "um novo começo" para a facção. EFE aca-nm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG