Ahmadinejad propõe criar divisa comum para o comércio exterior

Dushanbe, 28 ago (EFE).- O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, propôs hoje a criação de uma divisa comum na cúpula da Organização de Cooperação de Xangai (SCO, em inglês) para as operações de comércio exterior.

EFE |

O líder iraniano fez esta proposta na cúpula dos líderes da SCO, da qual fazem parte China, Cazaquistão, Quirguistão, Rússia, Tadjiquistão e Uzbequistão, e da qual o Irã participa como país observador.

Segundo Ahmadinejad, para conservar grande parte das reservas de divisas dos países da SCO, seria possível ordenar as relações monetárias, financeiras e comerciais entre seus membros com base na moeda de um deles.

"A SCO também poderia, em um programa a longo prazo, examinar a implantação de uma divisa comum para as operações de comércio exterior", disse o presidente iraniano, citado pela agência russa "Itar-Tass".

Além disso, propôs a criação de uma entidade bancária da organização para facilitar o comércio entre seus membros.

Ahmadinejad ressaltou que continuam no mundo as situações de crise, em particular no Iraque e no Afeganistão, "onde a presença das forças da Otan não ajudou a garantir a segurança, mas, pelo contrário, levou a que regularmente morram pessoas inocentes".

A cúpula da SCO conta também com a presença do presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, e representantes da Índia e do Paquistão, todos eles como observadores. EFE gln/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG