Ahmadinejad pede que potências aprendam com o final de Bush

Teerã, 3 dez (EFE).- O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, pediu hoje às potências mundiais que aprendam a lição que, segundo ele, pode ser tomada com o final do mandato do presidente dos Estados Unidos, George W.

EFE |

Bush, conforme publicou a agência de notícias oficial "Irna".

Em um ato público na cidade de Tabriz, no nordeste do Irã, Ahmadinejad recomendou às "potências arrogantes" que "aprendam com o destino guardado ao presidente dos EUA" e assegurou que "a era das expedições militares, o belicismo, a prepotência e o egoísmo chegaram ao fim".

"Cometeu um grave erro se achou que poderia seguir pelo mesmo caminho que o de seus antepassados, mas sob novas condições", advertiu o líder iraniano, que aconselhou a saída das potências estrangeiras dos territórios palestinos, do Iraque e do Afeganistão.

"O povo do Irã convida vocês à fraternidade, à justiça e a servir às nações", destacou Ahmadinejad.

As declarações do presidente iraniano acontecem dois dias depois que Bush admitisse que o maior erro de seus oito anos na Casa Branca foi o de ter dado importância aos relatórios de inteligência que diziam que havia armas de destruição em massa no Iraque.

Mesmo assim, Bush disse se sentir orgulhoso de não ter retirado as tropas americanas do Iraque prematuramente. EFE msh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG