Ahmadinejad pede libertação rápida dos manifestantes presos

O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, pediu nesta terça-feira a libertação até o dia 7 de agosto dos manifestantes detidos durante protestos pós-eleitorais.

AFP |

"Na medida em que já houve um lapso de tempo significativo desde a detenção deles, esperamos que a situação de todos os acusados seja examinada rapidamente", afirmou o presidente em carta enviada ao chefe do poder judiciário, Mahmud Hashemi Shahrudi.

Na missiva, Ahmadinejad pede a Shahrudi que "mostre, em nome do Islã, o máximo de compaixão para os que acabaram seguindo esse caminho, e os liberte por ocasião do aniversário do nascimento do imã Mahdi", no dia 7 de agosto.

O presidente iraniano acusou "grupos políticos internos" de terem incentivado estas manifestações "com o apoio e a propaganda dos inimigos estrangeiros".

sgh/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG