Ahmadinejad insiste em que eleições foram limpas

TEERÃ - O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, insistiu hoje em que as eleições presidenciais de sexta-feira passada foram limpas e ressaltou que 25 milhões de votos confirmaram o apoio à sua Administração.

Redação com agências internacionais |

Em declarações ao término do primeiro conselho de Ministros realizado depois da polêmica reeleição, Ahmadinejad afirmou também que a alta participação foi um respaldo do povo do Irã ao sistema teocrático.

"As eleições foram mais um marco para a República Islâmica, um plebiscito no qual 40 milhões de iranianos ratificaram seus fundamentos", acrescentou.

Segundo o Ministério do Interior do Irã, Ahmadinejad venceu o pleito de sexta-feira passada com 62% dos votos, resultado denunciado como fraudulento pela oposição.

O líder opositor iraniano, Mir Hossein Mousavi, fez um protesto formal ao Conselho de Guardiães, órgão que deve validar os resultados, ao considerar que tanto o Ministério do Interior, quanto o próprio Ahmadinejad manipularam os dados.

O citado Conselho, segunda maior autoridade do país, decidiu acatar a queixa e fará uma nova apuração parcial das urnas, mas não aceitou o requerimento da oposição que pede a repetição do pleito.

Desde a divulgação dos resultados, o Irã é palco de manifestações e confrontos entre opositores e forças de segurança apoiadas por milicianos islâmicos afins ao governo. Até o momento, ao menos sete pessoas foram mortas nos distúrbios.

Análises:

Leia também:

Leia mais sobre: Irã

    Leia tudo sobre: irã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG