Ahmadinejad inicia campanha eleitoral com ataque ao Ocidente

Teerã, 22 mai (EFE).- O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, iniciou hoje a campanha eleitoral para reeleição com um duro discurso contra o Ocidente e uma chamada para que se continue com a resistência contra os poderes que ameaçam.

EFE |

O líder mostrou sua face mais combativa em um grande comício realizado em um dos grandes pavilhões do Irã, perante dezenas de milhares de entusiasmados seguidores.

"Durante os últimos quatro anos, as potências ocidentais nos pressionaram ao máximo e tentaram nos dobrar com a imposição de sanções", afirmou Ahmadinejad.

"Porém, conseguimos enterrar essas sanções no cemitério da história. A nação iraniana nunca aceitará a dominação dos poderes que ameaçam", ressaltou o presidente perante uma inflamada multidão.

Em um alarde de triunfalismo, comum na maioria de seus discursos, ele chegou até a argumentar que o país "está preparado para dirigir o futuro do mundo".

Ahmadinejad aproveitou o primeiro comício de campanha para atacar também os reformistas, e especialmente seu antecessor no cargo, Mohamad Khatami.

As décimas eleições presidenciais da era revolucionária no Irã, cruciais para o futuro do país, acontecerão no próximo dia 12 de junho.

Ahmadinejad, que parte como favorito, terá como principais rivais o reformista Mehdi Karrubi e o independente aberturista Mir Hussein Mousavi. EFE jm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG