Ahmadinejad diz ter provas de que raiz do terrorismo está nos EUA

Teerã, 1º mai (EFE).- O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, afirmou hoje que as raízes dos maiores atentados terroristas do mundo estão nos Estados Unidos e em Israel e assegurou que seu país possui "provas documentais" disso.

EFE |

Teerã, 1º mai (EFE).- O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, afirmou hoje que as raízes dos maiores atentados terroristas do mundo estão nos Estados Unidos e em Israel e assegurou que seu país possui "provas documentais" disso. Em discurso por ocasião do Dia do Trabalhador, Ahmadinejad ressaltou que, se Washington quer "sobreviver no futuro, deve ter uma relação amistosa com o Irã". "Temos documentos que provam que (em Washington) estão as raízes do terrorismo mundial. Têm ajudado e incentivado grupos extremistas há anos", afirmou o presidente iraniano antes de atacar Israel. "Também são a maior causa do terrorismo. Também o organizam e o apoiam", acrescentou, em direta alusão ao Estado judeu. Neste contexto, Ahmadinejad voltou a acusar os EUA de serem o único país do mundo que utilizou armas atômicas e de continuarem amedrontando o mundo com seu arsenal nuclear. "Os EUA são o único Governo que usou a bomba atômica e seus responsáveis admitiram ter usado armas nucleares durante a Guerra do Iraque", disse o presidente iraniano, citado pela agência de notícias "Isna". Ahmadinejad voltou a atacar o Governo americano apenas dois dias antes de viajar a Nova York para participar da reunião quinquenal sobre o Tratado de Não-Proliferação Nuclear. EFE jm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG