Ahmadinejad diz que não renunciará a programa nuclear apesar de sanções

Teerã, 9 abr (EFE) - O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, afirmou nesta quarta-feira que seu país não renunciará ao programa nuclear e resistirá às sanções internacionais e às ameaças das grandes potências contra a República Islâmica. Ahmadinejad fez esta declaração em discurso na cidade santa de Mashhad, cerca de um dia após anunciar o início da instalação de seis mil novas centrífugas para o enriquecimento de urânio em Natanz, no centro do país. O governante afirmou que essas centrífugas são cinco vezes mais potentes do que as máquinas que Teerã instalou em 2007 também em Natanz, ignorando as exigências da comunidade internacional para que suspenda o enriquecimento de urânio para uso militar e civil. O povo iraniano humilhará os países (ocidentais) que tentem continuar seu jogo e se aproveitar das organizações (internacionais) que usurparam para privar os povos de seus direitos, disse Ahmadinejad, segundo a agência Irna. O chefe de Estado iraniano fez alusão, sobretudo, aos Estados Unidos, que acusam Teerã de desenvolver um plano atômico militar, assim como às três resoluções adotadas pelo Conselho de Segurança da ONU nos últimos dois anos contra o Irã por seu programa de enriquecimento de urânio. As grandes potências não podem, através de ameaças e de sanções, privar o povo iraniano de seu direito (de adquirir tecnologia nuclear). Os iranianos já encontraram seu caminho e prosseguirão com firmeza, acrescentou.

EFE |

Além disso, o presidente iraniano acusou as "grandes potências de terem atacado militarmente a zona para se apoderarem de sua riqueza petrolífera, para fazer frente ao desenvolvimento da Revolução Islâmica iraniana e para oprimir o povo palestino".

"Essas potências devem saber que a mentira e o emprego das organizações internacionais para impedir o acesso dos povos a seus direitos já é algo do passado", disse o dirigente iraniano. EFE fa/mac/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG