Ahmadinejad diz que grandes potências estão em declínio

O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, declarou que as grandes potências estão em declínio, durante um discurso pronunciado na abertura de uma reunião ministerial dos países não-alinhados, nesta terça-feira, em Teerã.

AFP |

"As grandes potências estão em declínio. Sua influência está em baixa. Elas chegaram ao fim de sua era, e estamos no início de uma nova era", declarou o presidente iraniano.

"As potências competentes e sãs devem assumir a direção do mundo", acrescentou.

Ahmadinejad também acusou as grandes potências de utilizar as organizações internacionais, principalmente o Conselho de Segurança da ONU, para "ignorar os direitos dos outros países".

O Conselho de Segurança impôs uma série de resoluções para exigir a suspensão das atividades nucleares do Irã, impondo sanções contra seus programas nuclear e balístico, mas também contra o sistema bancário do país.

Criado em 1961, o movimento dos países não-alinhados tem hoje 118 membros. Cerca de 60 chanceleres participam da reunião de Teerã, que deve acabar amanhã (quarta-feira).

sgh/yw/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG