Ahmadinejad diz que condições de diálogo sobre questão nuclear mudaram

Teerã, 14 jun (EFE).- O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, afirmou hoje que seu Governo mantém o compromisso de apresentar um novo pacote de diálogo nuclear, mas advertiu que as condições mudaram.

EFE |

"O mundo está mudando e as condições mudam de forma contínua. O pacote que vamos apresentar vai levar em conta as condições atuais do mundo, embora os pilares sejam os mesmos, baseados na justiça, no respeito à lógica e no diálogo", afirmou.

Em entrevista coletiva, Ahmadinejad, que na sexta-feira passada foi reeleito por grande maioria nos eleições presidenciais iranianas, afirmou que o Irã está atento à reação da comunidade internacional diante dos resultados eleitorais, que a oposição pró-reformista qualificou de "fraudulentos".

"Queremos a participação global para a resolução dos problemas do mundo. Esperamos que as condições necessárias para oferecer este pacote sejam alcançadas", acrescentou.

O chamado Grupo 5+1, responsável por analisar medidas para frear as ambições nucleares do Irã, formado pelos países-membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Estados Unidos, Rússia, China, França e Grã- Bretanha), mais a Alemanha, acusa o Irã de ocultar, sob seu programa nuclear civil, um projeto militar paralelo, cujo objetivo seria a obtenção de um arsenal atômico.

Antes das polêmicas eleições, Ahmadinejad anunciou que sua administração preparava um novo pacote de medidas de diálogo que apresentaria ao grupo, mas já advertiu que em nenhum caso renunciaria ao enriquecimento de urânio. EFE jm-msh/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG