Ahmadinejad denuncia tentativas de ingerência externa na eleição iraniana

O presidente iraniano Mahmud Ahmadinejad denunciou nesta segunda-feira as tentativas de alguns governos estrangeiros de interferir nas eleições de junho, nas quais obteve seu segundo mandato, segundo a agência Fars.

AFP |

"Eu digo aos governos egoístas e intrometidos que foram crueis com o nosso povo nas eleições e que usaram de maneira inadequada seus meios financeiros e políticos", declarou Ahmadinejad na cerimônia durante a qual o aiatolá Ali Khamenei, guia supremo da República Islâmica, confirmou sua vitória.

"Os iranianos votaram a favor da luta contra a arrogância, para combater a obreza e estender a justiça", indicou Khamenei, segundo a televisão Al-Alam.

A vitoria de Ahmadinejad nas eleições de 12 de junho foi questionada por manifestações populares que denunciaram fraude na votação e iniciaram uma crise inédita na República Islâmica.

fpn-sgh/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG