Ahmadinejad demite quatro ministros

O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, afastou os ministros da Inteligência, do Trabalho, da Cultura e da Saúde, a poucos dias do fim do mandato do atual governo, anunciou neste domingo a imprensa iraniana.

AFP |

Segundo a agência Mehr, que cita uma "fonte bem informada", o ministro da Inteligência, Mohseni Ejeie, foi demitido depois de uma discussão acalorada que teria acontecido quarta-feira durante uma reunião do gabinete. O motivo da discussão teria sido a nomeação de Esfandiar Rahim Mashaie para o cargo de primeiro vice-presidente.

Os ministros da Cultura, Hossein Safar Harandi, do Trabalho, Mohammad Jahromi, e da Saúde, Kamran Bagheri Lankarani, também foram afastados, destacou a agência, sem apresentar os motivos destas demissões.

O canal oficial de notícias em inglês Press TV destacou o afastamento dos ministros da Inteligência, da Cultura e do Trabalho.

A nomeação de Mashaie, em 17 de julho, foi reprovada pelos conservadores, que nunca o perdoaram por ter afirmado em julho de 2008 que o Irã era "o amigo do povo americano e do povo israelense".

Cedendo às pressões, Mashaie entregou o cargo sábado.

sgh/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG