desculpas ao povo iraniano - Mundo - iG" /

Ahmadinejad cobra de Obama desculpas ao povo iraniano

(Atualiza com novas declarações) Teerã, 28 jan (EFE).- O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, disse hoje que espera dos Estados Unidos uma mudança fundamental e efetiva nas estratégias, além de desculpas ao povo iraniano -sem especificar por quê-e que, se isto ocorrer, Teerã dará uma resposta positiva.

EFE |

Ele ainda sugeriu a Obama que permita "outra investigação" sobre os autores e as razões dos atentados de 11 de setembro de 2001, sem explicar, também, qual seria o motivo dela.

Durante comício na cidade de Kermansah, ao oeste da capital, Ahmadinejad afirmou que "o Irã observa com a necessária paciência e precisão o Governo americano", após o presidente dos EUA, Barack Obama, declarar ontem à emissora de TV saudita "Al Arabiya" que Washington considera importante "estar disposto a falar com o Irã".

O presidente do Irã ameaçou, no entanto, que "se descobrirmos que a 'mudança' não é mais do que um retoque cosmético das táticas (americanas) então não só Irã, mas 'todas as nações do mundo' terão uma forte reação", sem especificar que reação seria esta, nem como conseguiria o apoio de "todas as nações do mundo".

"Se quiserem mudanças, devem demonstrar que o Governo dos Estados Unidos não interfere nos assuntos de outros povos, como fazia Bush, que lhe dizia ao Sudão (onde 200 mil pessoas morreram em um massacre) que fizeste isto ou perguntava ao Irã por que queria esta tecnologia (nuclear)", especificou Ahmadinejad.

"Se mudarem só o discurso, receberão do Irã a mesma resposta que receberam (o presidente George W.) Bush e 'seus lacaios'", acrescentou.

Os dois países romperam relações diplomáticas em 1980, quando após a revolução islâmica, seguidores do aiatolá Khomeini invadiram a embaixada dos Estados Unidos em Teerã e mantiveram 52 americanos como reféns durante 444 dias -um ano e dois meses e meio. EFE jm/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG