Ahmadinejad: Ataque dos EUA contra localidade síria unirá mundo muçulmano

Teerã, 31 out (EFE).- O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, acredita que o recente ataque americano contra uma localidade síria reforçará o sentimento nacionalista nesse país e unirá o mundo muçulmano.

EFE |

O líder iraniano fez estas declarações durante uma conversa por telefone mantida hoje com o presidente sírio, Bashar al-Assad, informou a agência estatal de notícias "Irna".

"Os Estados Unidos cometeram outro erro com seu ato selvagem e fizeram com que o povo e o Governo sírio estivessem mais fortes no momento de defender sua independência", disse Ahmadinejad.

No domingo passado, quatro helicópteros americanos procedentes do Iraque atacaram uma localidade síria próxima à fronteira iraquiana, com a morte de oito pessoas.

Fontes americanas disseram à imprensa de seu país que o ataque tinha como alvo uma rede de contrabando de armas e trânsito de combatentes da Síria ao Iraque.

O Governo de Bagdá confirmou que a operação teve a participação de helicópteros americanos.

"Estes atos dos inimigos sempre beneficiam os muçulmanos", acrescentou Ahmadinejad, segundo a "Irna".

O presidente sírio, também citado pela "Irna", agradeceu ao iraniano pelo apoio e disse que, por causa deste ataque, os Estados Unidos fizeram com "que os 20 milhões dos sírios estejam mais unidos". EFE msh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG