O presidente do Irã Mahmud Ahmadinejad desafiou nesta quarta-feira o americano George W. Bush, ao afirmar que o presidente dos Estados Unidos não poderá destruir nem um só centímetro da terra sagrada do Irã.

"Digo a Bush (...): sua era terminou e com a graça de Deus você não poderá destruir nem um só centímetro da terra sagrada do Irã", afirmou o iraniano em um discurso na cidade de Chahr-Kord transmitido pela televisão.

Os Estados Unidos nunca excluiram a opção militar para obrigar Teerã a suspender seu programa nuclear controverso, mas sempre repetiram que privilegiam uma solução diplomática.

O presidente americano, que deixará suas funções em janeiro do ano que vem, afirmou na terça-feira que o "Irã com a arma nuclear seria incrivelmente perigoso para a paz do mundo".

Ahmadinejad respondeu: "o inimigo se engana se pensa poder quebrar a vontade da nação iraniana por pressão", disse.

O alto representante para a diplomacia da União Européia Javier Solana, que irá "provavelmente" domingo a Teerã, deve apresentar da parte das grandes potência uma oferta "refrescada" de cooperação em troca de uma suspensão do enriquecimento.

aet-/fp/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.