Ahern lembra acordo que levou a paz à Irlanda do Norte

Dublin, 10 abr (EFE).- O primeiro-ministro da República da Irlanda, Bertie Ahern, afirmou hoje, por ocasião dos dez anos da assinatura do acordo da Sexta-feira Santa, que a vizinha Irlanda do Norte está se tornando um lugar vibrante, moderno e pacífico.

EFE |

As declarações foram feitas antes de Ahern participar, em Belfast, de uma conferência especial que reuniu alguns responsáveis pelo acordo, base do processo de paz entre protestantes e católicos na província.

"Certamente há muito o que fazer, mas estes desafios estão sendo enfrentados dia após dia pelos líderes políticos e pelas pessoas que trabalham juntas por um futuro melhor. É justo refletirmos hoje sobre tudo o que alcançamos", afirmou Ahern.

A conferência contou com a presença do presidente do Sinn Féin (braço político do Exército Republicano Irlandês, IRA), Gerry Adams; do ex-presidente do Partido Social-Democrata e Trabalhista (SDLP) e prêmio Nobel da paz, John Hume, e seu sucessor no partido, Mark Durkan.

Também estiveram presentes o líder do Partido Unionista do Ulster (UUP), Reg Empey, além de diversos ex-ministros do Executivo de Dublin que participaram das negociações do acordo.

O ex-senador americano e mediador durante as negociações de paz George Mitchell representou o seu país, ao tempo que o general reformado John de Chastelain, que supervisionou o desarmamento do IRA, representou o Canadá.

Entre as principais ausências estiveram a do ex-primeiro-ministro do Reino Unido Tony Blair e a do ex-presidente americano Bill Clinton.

Também não esteve presente o primeiro-ministro do Executivo norte-irlandês, o reverendo Ian Paisley, que não reconhece o acordo da Sexta-Feira Santa.

Seu partido, o majoritário Democrático Unionista (DUP), decidiu boicotar as cerimônias comemorativas previstas para hoje por considerar que só o acordo de Saint Andrews (Escócia, 2006), realmente firmou as bases para a formação do atual Executivo.

Paisley está em Washington (EUA) para preparar uma conferência sobre investimentos econômicos que será realizada em Belfast no próximo mês de maio. EFE ja/rr/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG