Agressor é preso após ser encontrado por vítima no Facebook

A Justiça de Portsmouth, na costa sul da Inglaterra, condenou à prisão um agressor encontrado por sua vítima através do site de relacionamentos Facebook. Fouad Hamodu, precisou levar 50 pontos na região da mandíbula e do pescoço após ser atingido com uma garrafa por Vincent Collymore, 33, em uma boate de Portsmouth.

BBC Brasil |

Segundo a polícia local, a vítima reconheceu Collymore como sendo um frequentador de discotecas da cidade. Na ocasião, ele ouviu o nome de seu agressor ser pronunciado.

Hamodu embarcou então em uma busca virtual por seu agressor. Reconhecendo-o no Facebook, ele repassou às fotos para a polícia, que efetuou a prisão.

Na quinta-feira, a Justiça afirmou que Collymore admitiu a agressão e foi condenado a 15 anos de prisão.

"Já é sabido que os sites de relacionamento podem ser usados para trazer criminosos à Justiça. Este foi um exemplo", disse o porta-voz da polícia, detetive Pete Spake.

"Embora não seja comum que as vítimas forneçam fotos de seus agressores, neste caso o Facebook foi pivô da identificação do criminoso."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG