Agentes morrem em emboscada insurgente na Caxemira indiana

Nova Délhi, 30 dez (EFE).- Pelo menos dois agentes de um corpo especial das forças de segurança morreram hoje e outros dois ficaram feridos em uma emboscada insurgente registrada na Caxemira indiana, informou uma fonte policial.

EFE |

O ataque aconteceu na localidade de Sopore, no distrito de Baramulla, fronteiriço com o Paquistão, segundo a fonte, citada pela agência de notícias "Ians".

Uma patrulha da Força Policial da Reserva Central (CRPF, em inglês), corpo responsável pela luta contra insurgentes em várias zonas da Índia, caiu em uma emboscada de um grupo de homens armados, que mataram dois agentes.

A fonte não atribuiu o ataque a nenhum grupo separatista ou pró-paquistanês concretamente, mas, na área, atuam frequentemente membros do Lashkar-e-Toiba (LeT) e de outras organizações fundamentalistas.

Os feridos foram levados a um hospital para receber atendimento médico.

Em 18 de dezembro, o ministro da Defesa da Índia, A. K. Antony, afirmou que duas divisões do Exército (cerca de 30 mil efetivos) se retiraram do conflituoso estado indiano da Caxemira durante os dois últimos anos, porque a situação "melhorou".

A maioria destes soldados saiu dos distritos de Rajouri e Poonch, onde ocorrem frequentes combates entre as forças de segurança e os insurgentes.

A Índia acusa o Paquistão de permitir a infiltração de insurgentes através da linha de controle provisória que separa as regiões dos dois países. EFE amp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG