Agentes de segurança particular matam jovem no Haiti para impedir saque

Porto Príncipe - Pelo menos uma pessoa morreu quando um grupo de agentes de segurança particular disparou contra uma centena de jovens que saqueavam um comércio no centro da cidade, segundo constatou a agência Efe.

EFE |

Além disso, 40 pessoas foram detidas pela Polícia haitiana no final destes incidentes, que também requereram a intervenção dos soldados americanos, que não utilizaram a força.

Os jovens estavam em uma rua paralela ao mercado forçando com violência uma loja de eletrodomésticos, chamada 'Hot Point', e avariando os aparelhos em seu interior.

De repente, apareceu um grupo de civis com crachás de identificação no pescoço e começaram a atirar contra os jovens, matando um deles com um tiro na cabeça.

Um agente da Polícia disse mais tarde à Efe que o grupo que atirou pertencia a uma companhia particular de segurança.

Os jovens tinham permanecido longo momento na rua gritando palavras de ordem contra a Polícia haitiana e louvando as tropas americanas. Os distúrbios continuam nessa região da capital.

Veja também:

Leia mais sobre: terremoto

    Leia tudo sobre: terremototerremoto no haiti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG