Agentes britânicos fazem explosão controlada após detenção de suspeito

Especialistas fizeram hoje uma detonação controlada em Bristol, sudoeste da Inglaterra, após a detenção de um homem em virtude das leis antiterroristas britânicas, informou a Polícia dos condados de Avon e Somerset.

EFE |

Como medida de precaução, cerca de 30 pessoas foram evacuadas esta madrugada de suas casas na área de Westbury-on-Trym, na cidade de Bristol, acrescentou a fonte, que não deu mais detalhes.

Um homem de 19 anos, cuja identidade não foi informada, foi detido nesta quinta-feira e está sendo interrogado em uma delegacia, informaram as forças.

"Foi uma detonação controlada e o material será enviado para análise", informou hoje a assistente da delegacia de Avon e Somerset, Jackie Roberts, que disse que a operação também contou com a colaboração da Polícia Metropolitana de Londres.

"Respondemos à informação da Inteligência que recebemos nas últimas 24 horas", acrescentou.

Segundo Roberts, as forças da ordem também tiveram autorização para revistar a casa do detido, em Westbury-on-Trym.

"É possível que esta seja uma investigação prolongada, complexa e sensível, que levará algum tempo", disse.

Os moradores que não foram retirados disseram que ouviram um barulho parecido com uma explosão de gás, mas, ao acordarem, encontraram cartas enviadas pela Polícia informando que a detenção estava relacionada a um crime sério.

Na carta, as forças da ordem qualificaram a detenção de "medida preventiva", apesar de não terem mencionado que estivesse relacionada a atividades terroristas.

Os moradores afirmaram que o homem retido é uma pessoa amável que sempre usa vestimenta muçulmana.

O porta-voz da Sociedade Cultural Muçulmana de Bristol, Farooq Siddique, destacou hoje as boas relações entre as comunidades nesta cidade do sudoeste da Inglaterra.

"A comunidade muçulmana apóia o trabalho da Polícia. O terrorismo afeta toda a sociedade e todos temos que enfrentá-lo", ressaltou Siddique.

Leia mais sobre: Terrorismo


    Leia tudo sobre: terrorismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG